| Tyler | Inner Guard | Tracing Board | Middle Chamber | Holy Spirit Watch | Seek | 3° Tour | Keystone Kraft Koncepts |

| Recently Initiated | Video and Audio Files | In Focus | The Morgan Report | F.·.W.·. Magazine | Mailroom |

| Breaking Masonry News | Discussion Forum | Message Board | Blog | Blog | Guestbook | Books | Links |

| Pillars of the Community | Travelling Men | Ancient Landmarks | Memory Work |

| Anti-Masonry: Points of View | Craftyness | A Certain Point Within A Circle |

| Born in Blood | Catechisms of the Made Men | Fellowship |





FreePress-FreeSpeech Banner




freemasons, freemason, freemasonry




Freemasonry Watch




Freemasonry In Portugal, a History of Corruption and Conspiracy




g and compass




Casa Das Aranhas Blog - Portugal
http://casadasaranhas.wordpress.com/2012/07/19/a-maconaria-em-portugal-uma-historia-de-corrupcao-e-conspiracao/

Freemasonry In Portugal, a History of Corruption and Conspiracy

July 19, 2012

· By John Silva Jordan · in Politics . ·

It is with some difficulty that I try this little text briefly discuss why everyone should study carefully the secret societies. This is an extremely broad topic, and it has so many aspects to make the web exposes the true power that transcends political parties, religious and political affiliations, we consider both texts on finance as books on geopolitics, as treatises on mysticism. But not too complicated, and to clarify rather than mystify, this text offers a brief introduction to illustrate how Freemasonry sowed and continues to sow the seeds of doom that is the current condition of Portugal. Let us therefore consider purely terrestrial elements (neglecting for now the dynamics philosophical and ethereal), and further investigation of this issue will necessarily lead to knowledge areas to which the closed minds refuse access.

portugal freemasonry

Above all, Freemasonry is a platform that facilitates corruption, is undoubtedly among the least secret secret societies. You could say it started in its phase called 'operative', as a union of masons. For this purpose, the masons needed some secrecy to safeguard (ie, combat the spread of) building techniques churches and other buildings, in order to maintain their high-revenue as fewer people know practice a profession, more profitable it becomes. This is a very important element, since many argue that in its genesis Freemasonry itself was a good organization and only in its second phase deteriorated. This argument is fallacious, given that their function was, from the beginning, to safeguard the interests of its members and not the charity or philanthropy, as its apologists claim. Its nature is this just a continuation and expansion of its original purpose-to defend the interests of the Masons at the expense of the rest of the population.

portugal freemasonry

In the second phase of this organization, from the eighteenth century, is given the title of 'speculative Freemasonry', adding this stage outstanding people (rich, powerful, preferably both) of all professions. We conceptualize this transition as follows. Masons worked with stone, and used the 'store' of Freemasonry to exchange and store information, this being a real union organization (the merits without having to fight for workers' rights in general, being limited to a profession). But eventually started the organization to add powerful people of all professions, so without giving up the symbols and concepts linked to Freemasonry (literally, ie, work with the stone), especially but not only, the square and compass, but also pillars, windows, doors, etc.. In this context the stone is used as an analogy that illustrates key issues of life, essentially human organization and the struggle for improving individual and collective concept which is in English called 'Becoming', ie 'become' the process by which humans evolved, being the origin and final destination of human deliberation in this context secondary to the process of change, ie, life as a journey.

By studying Freemasonry must, always remembering that a Mason can not reveal the real 'secrets' of his 'art', make use of elements of Masons themselves, but always in a particularly critical. A Mason must, when speaking of Freemasonry, hiding information and even misinform the listener: in the view of the inherently elitist world of Freemasonry, who is not a Mason is not started and therefore is 'profane', unable to comprehend the mysteries that are taught in store (local congregation Masonic). For example, when the Grand Master of the Grand Orient Lusitano leads SIC Noticias (Canal that belongs to one of the heavyweights of Portuguese Freemasonry Francisco-Balsemão, fixed member of the Bilderberg conference) provides a lot of misinformation, arguing that the Freemasons' does not act on public authorities', and above all, providing only superficial interpretations of symbols and objects in the store.

For example the polished stone, the 'ashlar', is not only the individual perfected, also represents the state (according to Albert Pike, "Morals and Dogmas ... '), and the polishing of ashlar is the preparation of the individual so that it can work in a group, being the highest form of this set of humans the state, in the same way that no two stones polished hardly work together to build a stable building, also an unpolished individual is not prepared to work together with others efficiently.

portugal freemasonry

António Reis, former Grand Master of the Grand Orient Lusitano

We live in the era of outsourcing, as Alice Bailey predicted. Secrets previously saved are now visible to all, not all who refuse to open their eyes. It is therefore with some astonishment that we note that even the media institutions that normally contribute to concealing the true webs of power today claim that there are 80 Masons 'positions of power' (obviously this number is very low, probably being the result of a definition of what constitutes a position of power very arbitrary).

But Freemasonry was, briefly, in mint collective (mind this increasingly susceptible to acute attacks of Alzheimer's and memory particularly short, as a capacity of low concentration) that was precisely this organization that served as a platform for political connections that compromise democracy and break the law: The former Director of Intelligence Strategic Defence (SIED) Silva Carvalho, used their expertise in masonry to facilitate the rehabilitation of a building that belonged to the company that would hire the Ongoing. It also accused the leader of Mozart Masonic Store 49, José Manuel Anes, who, like Silva Carvalho officially left the store after the scandal , to use the store as a platform that allowed him unduly equip state institutions to serve their personal ambitions . Carvalho Silva used knowledge gained from Mozart to the store to collect information Ongoing information company that later would hire .

portugal freemasonry

José Manuel Anes in Masonic attire

More recently, it was discovered that Manuel and Miguel Relvas Damasio, who facilitated obtaining the degree of Grasses in Lusophone, are in fact the two members of Freemasonry . Grasses also asked her 'brother' Mason, Carvalho Silva, a report on the igualmetne Mason Balsemão Francisco .

Freemasonry is massively influential in Portugal since the nineteenth century, and was instrumental in the establishment of the Portuguese Republic .

For texts on the history of Freemasonry more detailed, see the summary of the work of Isabel Oliveira , as well as the work of Mason AM Gonçalves (always trying to take into account the initial warning on the need for critical analysis), as well as some works of Joseph Costa Pimenta , among others. This is a very well documented but relatively little discussion in the public sphere.

In conclusion, Freemasonry is an instrument of corruption, which dilutes the separation of powers (which in itself is deficient, to see virtually nonexistent), promoting promiscuity among the rich and powerful. The existence of societies like the Freemasons largely explains why promiscuity among politicians with visibility, and much of the political class in Portugal is actually a great web links whose outweigh partisan divisions; behind the facade that is the false contention theater we see every day in the House, are platforms such as, but not only, freemasonry that allow coordination and consultation between the rich and powerful. It is also a pyramid of control because it is an esoteric society (ie, is a highly hierarchical organization, where progression is effected by degrees [or steps] supposedly pre-defined). We can say that Freemasonry is somewhat militarized structure that instrumentalized by definition those who occupy the lower grades for the benefit of those who occupy the upper grades at the expense of 'profane', the 'goyim' (cattle), ie we , 99.9% of the population. Freemasonry is also used by other companies, such as the infamous Jesuits and the Theosophical Society to recruit members and achieve its purposes. Freemasonry is the least secret of all secret societies, and for this reason is particularly likely to be infiltrated and used by others.

portugal freemasonry

The Degrees of Freemasonry of the Ancient Accepted Scottish Rite

One of the companies accused by many of infiltrating Freemasonry is the Society of Jesus (Society of Loyola, commonly called 'Jesuit'), a company which implicitly states belong Paulo Portas. When a journalist asked him recently belonged to Freemasonry, shot back saying ' I was educated in the Jesuit, my beach is not that well ', smiling. Also the founder of the Illuminati of Bavaria (the organization to which they refer those who use the term 'Illuminati') Weishaup Adam, was educated by Jesuits .

portugal freemasonry

The symbol of the Jesuits, with the insignia 'IHS', meaning 'Iesus Salvator hominum', or 'Jesus Savior of Men'

John Silva Jordan

Comments


Further Reading:

Freemasonry in Portugal



Casa Das Aranhas Blog - Portugal
http://casadasaranhas.wordpress.com/2012/07/19/a-maconaria-em-portugal-uma-historia-de-corrupcao-e-conspiracao/

A Maçonaria Em Portugal- uma História de Corrupção e Conspiração

Julho 19, 2012

· by João Silva Jordão · in Política. ·

É com alguma dificuldade que tento neste pequeno texto discutir brevemente a razão pela qual todos devemos estudar as sociedades secretas cuidadosamente. Este é um tema muitíssimo vasto, e tem tantas vertentes que para proceder à denuncia da verdadeira teia de poder que transcende partidos, afiliações políticas e religiosas, tanto poderíamos considerar textos sobre finança, como livros sobre geopolítica, como tratados sobre misticismo. Mas para não complicar demasiado, e com vista a clarificar em vez de mistificar, serve este texto de breve introdução para ilustrar de que forma a maçonaria plantou, e continua a plantar as sementes da desgraça que é a condição atual de Portugal. Vamos portanto considerar elementos puramente terrestres (negligenciando por enquanto as dinâmicas filosóficas e etéreas), sendo que uma pesquisa mais aprofundada do presente tema levará necessariamente a áreas de conhecimento às quais as mentes mais fechadas se negam o acesso.

portugal freemasonry

Sobretudo, a maçonaria é uma plataforma que facilita a corrupção; é sem duvida a menos secreta de entre as sociedades secretas. Pode-se dizer que começou, na sua fase dita ‘operativa’, como um sindicato de pedreiros. Para este efeito, os pedreiros necessitavam de algum secretismo para salvaguardar (ou seja, lutar contra a disseminação das) técnicas de construção de igrejas e outros edifícios, de modo a manter as suas receitas altas- quanto menos pessoas souberem praticar uma profissão, mais lucrativa ela se torna. Este é um elemento muito importante, pois muitos argumentam que na sua génese a maçonaria em si era uma boa organização e que somente na sua segunda fase deteriorou. Esta argumento é falacioso, tendo em conta que a sua função foi, desde o inicio, a salvaguarda dos interesses dos seus membros, e não a caridade nem a filantropia, como alegam os seus apologistas. A sua natureza presente é somente uma expansão e continuação do seu propósito original- defender os interesses dos maçons em detrimento do resto da população.

portugal freemasonry

À segunda fase desta organização, a partir do século XVIII, dá-se o titulo de de ‘maçonaria especulativa’, agregando nesta fase pessoas destacadas (ricas, poderosas, de preferência as duas) de todas as profissões. Podemos conceitualizar esta transição da seguinte maneira. Os maçons trabalhavam com a pedra, e utilizavam as ‘lojas’ da maçonaria para trocar e guardar informação, sendo esta organização um verdadeiro sindicato (sem ter o mérito de lutar pelos direitos dos trabalhadores em geral, sendo limitado a uma profissão). Mas eventualmente começou a organização a agregar pessoas poderosas de todas as profissões, sem por isto abdicar dos símbolos e conceitos ligados à maçonaria (literalmente falando, ou seja, o trabalho com a pedra), sobretudo, mas não só, o esquadro e o compasso, mas também pilares, janelas, portas, etc. Neste contexto a pedra é utilizada como uma analogia que ilustra questões essenciais da vida, essencialmente a organização humana e a luta pelo aperfeiçoamento individual e colectivo, conceito o qual é, na língua inglesa denominado de ‘becoming’, ou seja, ‘tornar-se’, o processo através do qual o ser humano evolui, sendo a proveniência e o destino final dos humanos neste contexto secundário à deliberação do processo de mudança, ou seja, a vida como um percurso.

Ao estudar a maçonaria devemos, sempre lembrando que um maçom não pode relevar os verdadeiros ‘segredos’ da sua ‘arte’, fazer recurso a elementos de próprios maçons, mas sempre com de maneira particularmente critica. Um maçom deve, ao falar da maçonaria, ocultar informação e até desinformar o ouvinte: segundo a visão do mundo inerentemente elitista da maçonaria, quem não é maçom não é iniciado e portanto é ‘profano’, incapaz de compreender os mistérios que se ensinam na loja (local de congregação maçónica). Por exemplo, quando o grão mestre do Grande Oriente Lusitano leva a SIC Noticias (Canal que pertence a um dos pesos pesados da Maçonaria Portuguesa- Francisco Pinto Balsemão, membro fixo da conferência Bilderberg) fornece muita desinformação, argumentando que a maçonaria ‘não age sobre os poderes públicos’, e sobretudo, fornecendo somente interpretações superficiais dos símbolos e objetos da loja.

Por exemplo a pedra polida, a ‘ashlar’, não representa somente o indivíduo aperfeiçoado, representa também o Estado (segundo Albert Pike, ‘Dogmas e Morais…’), sendo que o polimento da ashlar representa a preparação do individuo para que este possa trabalhar em grupo, sendo a forma suprema deste conjunto de seres humanos o Estado; da mesma maneira que duas pedras não polidas muito dificilmente trabalham em conjunto para construir um edifício estável, também um individuo não polido não está preparado para trabalhar em conjunto com outros de forma eficiente.

portugal freemasonry

António Reis, ex-Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano

Vivemos na época da externalização, como previu Alice Bailey. Segredos previamente guardados são hoje visíveis a todos, todos os que não se recusem a abrir os olhos. É portanto com pouco espanto que constatamos que até as instituições de comunicação social que normalmente contribuem para a dissimulação das verdadeiras teias de poder hoje em dia afirmam que existem 80 maçons em ‘cargos de poder’ (sendo este numero obviamente muito baixo, provavelmente sendo o resultado de uma definição do que constitui um cargo de poder muito arbitrária).

Mas a maçonaria esteve, brevemente, na menta colectiva (mente esta cada vez mais susceptível a ataques agudos de Alzheimer’s e a memória particularmente curta, assim como uma capacidade de concentração diminuta) por que foi precisamente esta organização que serviu como plataforma para ligações políticas que comprometem a democracia e infringem a lei: O antigo Director do Serviço de Informações Estratégicas da Defesa (SIED), Silva Carvalho, utilizou os seus conhecimentos na maçonaria para facilitar a reabilitação de um edifício que pertencia à empresa que o viria a contratar, a Ongoing. Foi igualmente acusado o líder da loja Maçónica Mozart 49, José Manuel Anes, que, como Silva Carvalho oficialmente deixou a loja depois do escândalo, de utilizar a loja como plataforma que lhe permitia instrumentalizar indevidamente instituições do Estado para servir as suas ambições pessoais. Silva Carvalho utilizou conhecimentos que adquiriu a partir da loja Mozart para recolher informação para a empresa de informação Ongoing que mais tarde o viria a contratar.

portugal freemasonry

José Manuel Anes em traje Maçónico

Mais recentemente, descobriu-se que Miguel Relvas e Manuel Damásio, que facilitou a obtenção da licenciatura de Relvas na Lusofona, são de facto os dois membros da maçonaria. Relvas solicitou também ao seu ‘irmão’ maçom, Silva Carvalho, um relatório sobre o igualmetne maçom Francisco Pinto Balsemão.

A maçonaria é massivamente influente em Portugal desde o século XIX, tendo sido instrumental na instauração da República Portuguesa.

Para textos sobre a história da maçonaria mais detalhados, ver o resumo do trabalho de Isabel Oliveira, assim como o trabalho do maçom A. M. Gonçalves (tentando sempre tomar em conta a advertência inicial relativa à necessidade de analise critica), assim como algumas obras de José da Costa Pimenta, entre outros. É um tema muito bem documentado mas relativamente pouco discutido na esfera pública.

Em conclusão, a maçonaria é um instrumento de corrupção, que dilui a separação de poderes (que já por si é deficiente, ver até virtualmente inexistente), promovendo a promiscuidade entre os ricos e poderosos. A existência de sociedades como a maçonaria explica em grande parte a razão pela promiscuidade entre políticos com visibilidade, sendo que grande parte da classe política em Portugal é de facto uma grande teia cujas ligações superam divisões partidárias; por detrás da fachada que é a falsa discórdia teatral a que assistimos na assembleia todos os dias, estão plataformas como, mas não só, a maçonaria que permitem coordenação e concertação entre os ricos e poderosos. É igualmente uma pirâmide de controle por ser uma sociedade esotérica (ou seja, é uma organização altamente hierarquizada, onde a progressão se efetua por graus [ou degraus] supostamente pré-definidos). Podemos dizer que a maçonaria é de certa forma uma estrutura militarizada que por definição instrumentaliza os que ocupam os graus inferiores para beneficio dos que ocupam os graus superiores, em detrimento dos ‘profanos’, os ‘goyim’ (gado), ou seja, nós, 99.9% da população. A maçonaria é igualmente utilizada por outras sociedades, como os infames Jesuítas e a Sociedade Teosófica para recrutar membros e atingir os seus fins. A maçonaria é a menos secreta de todas as sociedades secretas, e por esta razão é particularmente susceptível a ser infiltrada e utilizada por terceiros.

portugal freemasonry

Os Graus da Maçonaria do Antigo Ritual Aceite Escocês

Uma das sociedades acusada por muitos de infiltrar a maçonaria é a Companhia de Jesus (Sociedade de Loyola, normalmente chamados de ‘Jesuítas’), sociedade à qual Paulo Portas implicitamente afirma pertencer. Quando um jornalista lhe perguntou recentemente se pertencia à Maçonaria, ripostou dizendo ‘Eu fui educado nos Jesuitas, a minha praia não é bem essa‘, sorrindo. Também o fundador dos Iluminados da Baviera (organização à qual se referem aqueles que utilizam o termo ‘Illuminati’) Adam Weishaup, foi educado por Jesuitas.

portugal freemasonry

O simbolo dos Jesuítas, com as insígnias ‘IHS’, que significam ‘Iesus Hominum Salvator’, ou seja, ‘Jesus Salvador dos Homens’

João Silva Jordão

Comments


Further Reading:

Freemasonry in Portugal










Travel to the F.·.W.·. Middle Chamber






powered by FreeFind


Our MasonStoppers Line
Send us in confidence details of cases where you think
Organized Freemasonry has personally hurt yourself,
family, friends, aquaintances, or community. We would
also appreciate any additional background information,
links, and references on Freemasonry and the Occult.
Help us take a bite out of Freemasonry.




13,361,778 (13/02/07)
FastCounter by bCentral

Date Of Raising
June 24, 6000 A.L.

Save this site. Mirror it, if it goes 404.


X Network Banner ExchangeX Network Banner Exchange